• Inicio
  • Sobre
  • Contato
  • Parceria
  • Midia Kit
  • Vídeos
  • 20 julho 2016

    O feminismo e a moda

    No dia 30 de junho eu participei da coluna da Tanise no jornal que ela é colunista de moda
    Ao se pensar em moda, podemos imaginar vestidos, sapatos, bolsas. E o que se imagina quando se pensa no feminismo? Mulheres que se vestem sem estilo? Desleixadas? Que se vestem como homens? Porém, a moda e o feminismo podem se relacionar!
    O movimento feminista surgiu na Europa em meados do século XIX, como uma consequência dos ideais propostos pela Revolução Francesa, que tinha como lema a "Igualdade, Liberdade e Fraternidade". 
    O feminismo só começou a se popularizar no mundo ocidental nas primeiras décadas do século XX, questionando o poder social, político e econômico monopolizado pelos homens. O feminismo, como muitos pensam erroneamente, não é um movimento de sexista, ou seja, que defende a figura feminino sobre o masculino, mas sim uma luta pela igualdade entre ambos os gêneros.
    O primeiro passo que foi dado para a igualdade de gênero foi o uso de calça no início do século XX. A estilista Coco Chanel foi uma das pioneiras a usar calças, e logo popularizou as calças femininas.
    A indústria da moda impõe padrões de beleza através de modelos magérrimas e roupas desconfortáveis, fazendo com que as mulheres sejam escravas de marcas caras e de padrões de beleza que as vezes não condiz com o seu tipo e corpo. Esses padrões são impostos desde a infância, quando as meninas são criadas para gostar de rosa, usar vestido e brincar com bonecas e meninos gostar de azul, usar bermudas e brincar com carrinhos.
    A feminista francesa Simone de Beauviour faz uma análise sobre isso em seu livro O Segundo Sexo - A Experiência Vivida. A autora chama esse fato de "meninos falhados" onde as crianças não têm permissão para serem meninos e afirma que a exuberância da vida é nelas barrada.

    O feminismo começa a se relacionar com a moda a partir do momento em que a mulher tem a liberdade de se vestir. Dando a liberdade de se expressar por meio das roupas. 

    Beijos,
    Clara Pamponet

    4 comentários:

    1. Oiii Clara. Obrigada por visitar meu cantinho (Verdadeescrita.com). Legal ver esse post com um tema um pouco mais informativo. Normalmente as pessoas ligam blog + moda = look do dia. HAHAHAHA. Parabéns pelo teu cantinho. Beijos

      http://www.verdadeescrita.com/pra-voce-que-se-sente-perdido/

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Aaaah que bom que gostou Rebeca! Eu não gosto muito de fazer looks do dia, nunca sei o que falar hahahah!
        Beijos

        Excluir
    2. ótimo texto, clara!! é exatamente isso, o feminismo começa quando nós nos sentimos livres para usarmos o que queremos! é triste que ainda nos sentimos presas e nao usamos tudo que queremos por causa de padroes e afins...mas aos poucos tudo muda, com muita uniao das mulheres <3

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Nós mulheres precisamos nos unir ainda mais!
        Fico feliz que tenha gostado do texto!
        Beijos

        Excluir

    Obrigada por comentar!
    Irei ler o seu comentário com todo amor!