• Inicio
  • Sobre
  • Contato
  • Parceria
  • Midia Kit
  • Vídeos
  • 07 dezembro 2015

    Resenha do livro: Não se Iluda Não

    Hey vaidosas quanto tempo não faço uma resenha não é mesmo?
    E estou voltando contudo, a resenha da vez é do novo livro da Isabela Freitas. O primeiro livro dela o “Não se Iluda Não” também foi resenhado aqui no blog.
    Bom a cada vez que passa eu me apaixono mais pelos livros da Isabela. Ela consegue surpreender a cada novo livro.
    A sinopse do livro diz:
    Depois de passar um ano sem namorado, Isabela está determinada a realizar o grande sonho de ser uma escritora reconhecida. Resolve dar os primeiros passos anonimamente, criando um blog onde assina como A Garota em Preto e Branco. Em seu diário virtual, ela desabafa, fala dos amigos, dos não tão amigos assim, e confessa suas aventuras e desventuras amorosas. O assunto é o que não falta.
    Durante uma temporada agitada em Costa do Sauípe, na Bahia, acompanhada por Pedro, Amanda e sua insuportável prima Nataly, Isabela conhece o irresistível Gabriel, um sujeito praticamente perfeito, a não ser por um pequeno detalhe... Entre shows e passeios na praia, Isabela precisa admitir para si mesma que sente uma atração cada vez maior pelo seu melhor amigo.
    Em seu segundo livro, Isabela Freitas dá sequência às histórias dos personagens de “Não se apega, não”. Dessa vez, com a cabeça nas nuvens e os pés firmemente no chão, a personagem Isabela vai em busca daquilo que seu coração realmente deseja, mesmo quando seu caminho é bem acidentado e cada curva parece esconder uma nova surpresa.



    Minha opinião: como comecei o post, a cada novo livro a Isabela melhora incrivelmente os seus textos (tá são apenas dois livros escritos até agora). Bom com o decorrer do livro a Isabela nos mostra que nem sempre as coisas acontecem quando queremos, por exemplo, aquele amor que sonhamos que aconteça, com aquele príncipe encantado, nem sempre será o que vai acontecer, provavelmente o que esteja predestinado para você não seja o príncipe. Por que se não, seria um conto de fadas, príncipes não existem não é mesmo?

    E vocês já leram o livro? O que acharam? Me contem!

    Beijos,

    Clara Pamponet

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Obrigada por comentar!
    Irei ler o seu comentário com todo amor!