• Inicio
  • Sobre
  • Contato
  • Parceria
  • Midia Kit
  • Vídeos
  • 12 abril 2015

    S.O.S Cabelos – química

    Hey meninas, bom eu só venho falar dos tipos de cabelo com ajuda das meninas que tem determinado tipo de cabelo, mas também existe os com química, ou quimicamente tratados, e para sabermos um pouco mais sobre eles, vim falar dos tipos de química que existe.
    Escova marroquina
    A escova marroquina têm agradado muita gente por nutrir os fios, deixando-os super brilhosos e macios. Ela é uma escova à base de aminoácidos e de formaldeído de baixa concentração. É indicada para tirar volume e frizz dos fios, além de oferecer os benefícios já citados. Os ingredientes dessa escova são, basicamente, óleo marroquino, base de creme, proteína e aminoácidos.
    A escova marroquina é excelente para cabelos cacheados, pois o procedimento deixa os cachos mais soltos, bonitos e definidos.
    Ela pode ser feita em todos os tipos de cabelos e é compatível com todas as químicas. Fios com relaxamento, amaciamento, escova progressiva e coloração podem receber o procedimento sem problemas.

    Escova progressiva 
    escova progressiva é um método de alisamento e redução do volume dos cabelos, diminuindo também o frizz. Ela é chamada dessa forma porque, a cada vez que se realiza esse procedimento, o cabelo apresenta melhores resultados nesses quesitos.
    Inicialmente as escovas progressivas costumavam ter formol, mas como a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou que os produtos usados nesses procedimentos podem ter no máximo 0,2% deste elemento químico em sua concentração, devido aos riscos para a saúde, hoje ele foi praticamente retirado da fórmula. 
    O método é indicado como uma forma de alisamento, além de retirar o frizz e o volume dos cabelos. Normalmente ele é indicado para mulheres que tem cabelos crespos e volumosos, mas contraindicado para mulheres de cabelo afro, pois esses fios costumam a ser mais porosos, portanto podem ser danificado pelo método. 

    Escova de Carbocisteína
    A substância tem o poder de penetrar nos fios, o que garante uma ação mais profunda, sem quebrá-los ou agredi-los. Na verdade, o processo provoca o efeito oposto: além de reduzir o volume, mesmo daqueles mais rebeldes, como os afros, deixa-os hidratados. Quem quiser um efeito liso, deve repetir o tratamento a cada três meses. O produto pode ser aplicado em pessoas que se submeteram a outros tipos de química e é indicado para modelar o cabelo da maneira como a mulher quiser, deixando-o liso, ondulado ou cacheado.

    Escova americana
    Seu ingrediente principal é a cisteína, um aminoácido que compõe, dá estrutura e resistência aos fios. Ela é indicada para cabelos ondulados, cacheados e arrepiados. O grande diferencial desse tratamento é que ele deixa as madeixas brilhantes e com um aspecto de liso natural, ou seja, nada de ficar com aquela aparência esticada e chapada. A cada três meses, em média, as raízes precisam receber um retoque. Quem tem cabelo muito crespo talvez sinta essa necessidade antes.

    Escova definitiva:
    A escova definitiva, ou alisamento japonês, deixa os cabelos lisérrimos e só saem quando os cabelos crescem ou são cortados.
    A escova definitiva é recomendada se a pessoa estiver certa de que deseja realmente um resultado liso chapado que dure muito tempo, como a escova definitiva usa produtos cujo princípio ativo é o tioglicolato de amônia, ela irá mudar a estrutura interna dos fios permanentemente.
    Cabelos em que a raiz é relativamente lisa o resultado é melhor, porque os retoques serão menos constantes e o resultado mais natural, principalmente quando os cabelos começarem a crescer.
    A escova definitiva é contra indicada se os fios forem muito crespos porque conforme o cabelo natural cresce a raiz enrolada começa a aparecer e consequentemente a pessoa terá que fazer mais retoques, e mesmo com retoques constantes, nos intervalos, algum comprimento de raiz já estará aparente armando os cabelos e fazendo com que o resultado não pareça natural.

    Relaxamento capilar
    Dentre as muitas técnicas utilizadas para alisar os fios, o relaxamento capilar é uma das mais antigas. Com as novidades da indústria de cosméticos, esse tipo de tratamento vem ficando cada vez mais seguro e eficaz.
    O procedimento consiste em alongar os cabelos, partindo dos cachos naturais e chegando ao estado liso quando for o objetivo. Normalmente estes produtos são divididos em formulações especificas para cada textura de cabelo.
    Não mas, como todo produto químico, ele deve ser aplicado por um profissional qualificado, em virtude das contraindicações e métodos específicos de aplicação de cada base química.

    Botox capilar
    O tratamento Botox Capilar possui um procedimento muito simples, que pode ser realizado no salão de beleza ou até mesmo em casa. Primeiro, lava-se bem o cabelo e o couro cabeludo com um shampoo antirresíduos, também conhecido como shampoo de limpeza profunda. Esse passo é fundamental para um bom resultado, pois ele irá abrir as escamas da fibra-capilar para remover todas as impurezas. Logo após, deve-se tirar o excesso de água dos cabelos com o secador, e em seguida, aplicar a máscara de tratamento Botox Capilar, massageando mecha a mecha, deixando o produto agir durante alguns minutos. Por fim, é muito importante finalizar os cabelos com a escova e a chapinha, que proporcionará o efeito mais liso aos cabelos.Alguns tratamentos de Botox Capilar também podem oferecer um efeito mais liso aos cabelos, além de reduzir o volume e o frizz, hidratar e recuperar a saúde capilar. É ideal para recuperar os cabelos ressecados e danificados pós-químicas, ou para os cabelos cacheados e ondulados que desejam a redução do volume e do frizz, com efeito liso natural sem utilizar químicas agressivas.


    Ps: as imagens foram pegas no google imagens.

    E vocês já usaram algumas dessas químicas? 


    Clara Pamponet

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Obrigada por comentar!
    Irei ler o seu comentário com todo amor!